Arquivo

Concurso Público do TJ-PR 2017 abre 100 vagas


Site Concursos – Eli Ferreira
18 de jan de 2017 14:46

Site Concursos -

O TJ-PR – Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, divulgou abertura de concurso público nº 001/2017, para provimento de 100 vagas no cargo de Técnico Judiciário – no nível inicial da carreira do Grupo Ocupacional Intermediário do Quadro de Pessoal do 1º Grau de Jurisdição. A remuneração mensal inicial bruta para o cargo de Técnico Judiciário do Quadro de Pessoal do 1º Grau é de R$5.516,51, acrescida dos benefícios mensais de auxílio alimentação e de auxílio saúde. Os candidatos devem possuir certificado de conclusão de Ensino Médio. As inscrições deverão ser efetuadas pela Internet, no site do TJ-PR www.tjpr.jus.br, seguindo os

O post Concurso Público do TJ-PR 2017 abre 100 vagas apareceu primeiro em Site Concursos.

Gabarito concurso Prefeitura de Porteiras-CE, sai dia 16/01/2017


Site Concursos – Eli Ferreira
14 de jan de 2017 23:42

Site Concursos -

A empresa organizadora  CONSEP – Consultoria e Estudos Pedagógicos Ltda, divulgará o gabarito preliminar do concurso público nº 001/2016 da Prefeitura de Porteiras, Estado do Ceará, na segunda-feira, 16 de janeiro de 2017. A prova é realizada para todos os candidatos neste domingo 15 de Janeiro de 2017, a partir das 9:00 hs com três …

O post Gabarito concurso Prefeitura de Porteiras-CE, sai dia 16/01/2017 apareceu primeiro em Site Concursos.

Gabarito Concurso CRBio-5 2016/2017


Confira Concursos – Confira Concursos
15 de jan de 2017 11:43

Gabarito Preliminar das provas do concurso público do CRBio - Conselho Regional de Biologia 5ª Região, nos estados do Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Maranhão e Piauí, para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva do quadro de pessoal, para o cargo de Agente Fiscal.

Gabarito Concurso de Porteiras-CE 2016/2017


Confira Concursos – Confira Concursos
15 de jan de 2017 11:43

A divulgação dos Gabaritos Preliminar da provas objetivas aplicadas no concurso público da Prefeitura de Porteiras, Estado do Ceará, será feita na segunda-feira, dia 16 de janeiro, no site da CONSEP – Consultoria e Estudos Pedagógicos Ltda.

Gabarito EBSERH para HRL-UFS/SE – Concurso 2016/2017


Confira Concursos – Confira Concursos
15 de jan de 2017 14:43

Gabaritos das provas objetivas do concurso público da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares-EBSERH, para a contratação do quadro de pessoal, com lotação no Hospital Regional de Lagarto da Universidade Federal de Sergipe - HRL-UFS.

Gabarito SEEDF – Processo seletivo Professor 2017


Confira Concursos – Confira Concursos
15 de jan de 2017 17:43

Gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas do processo seletivo simplificado da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal - SEEDF, para contratação temporária de Professor Substituto.

Gabarito do concurso de Divino-MG 2016


Confira Concursos – Confira Concursos
15 de jan de 2017 17:43

Gabaritos provisórios das provas objetivas do concurso público da Prefeitura de Divino, Estado de Minas Gerais, para o provimento de 60 vagas e formação de cadastro reserva, para cargos de todos os níveis de escolaridade.

Gabarito concurso 05/2016 Prefeitura de Franca-SP


Site Concursos – Eli Ferreira
15 de jan de 2017 17:43

Site Concursos -

Sob a responsabilidade do IBAM – Instituto Brasileiro de Administração Municipal, a Prefeitura de Franca, Estado de São Paulo, divulga no decorrer desta semana, o gabarito preliminar do concurso público nº 05/2016, para formação de cadastro de reserva. A organizadora aplicou prova objetiva para todos os candidatos neste domingo, 15 de janeiro de 2017. O prazo para interposição de recurso contra o gabarito do concurso da Prefeitura de Franca-SP será de 02 dias úteis do fato que lhe deu origem, a contar do dia divulgação/ocorrência do evento que motivou a reclamação. O recurso deverá ser encaminhado ao Presidente da Comissão de

O post Gabarito concurso 05/2016 Prefeitura de Franca-SP apareceu primeiro em Site Concursos.

TCE BA deve abrir novo concurso em 2017


Blog Aprova Concursos – Blog Aprova Concursos
13 de jan de 2017 14:21

O Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE BA) deve realizar um novo concurso público em breve. A Lei Orçamentária Anual (LOA) garantiu a seleção de 24 profissionais, além da contratação da banca organizadora.

Atualmente há 138 cargos vagos no órgão, sendo 98 para Auditor Estadual de Controle Externo e 30 para Auditor Estadual de Infraestrutura. Ambas as carreiras exigem ensino superior completo e as remunerações vão de R$ 10 mil a R$ 16 mil.

Último concurso
Realizado em 2013, foi organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e ofereceu 45 vagas de nível superior, divididas entre os cargos de Analista de Controle Externo e Agente Público. Os salários chegavam próximo dos R$ 12 mil.

Com informações da Folha Nobre

O post TCE BA deve abrir novo concurso em 2017 apareceu primeiro em Blog Aprova Concursos.

TCE BA deve abrir novo concurso em 2017


Blog Aprova Concursos – Blog Aprova Concursos
13 de jan de 2017 14:21

O Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE BA) deve realizar um novo concurso público em breve. A Lei Orçamentária Anual (LOA) garantiu a seleção de 24 profissionais, além da contratação da banca organizadora.

Atualmente há 138 cargos vagos no órgão, sendo 98 para Auditor Estadual de Controle Externo e 30 para Auditor Estadual de Infraestrutura. Ambas as carreiras exigem ensino superior completo e as remunerações vão de R$ 10 mil a R$ 16 mil.

Último concurso
Realizado em 2013, foi organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e ofereceu 45 vagas de nível superior, divididas entre os cargos de Analista de Controle Externo e Agente Público. Os salários chegavam próximo dos R$ 12 mil.

Com informações da Folha Nobre

O post TCE BA deve abrir novo concurso em 2017 apareceu primeiro em Blog Aprova Concursos.

Conhecendo a banca: IBFC


Blog do Espaço Jurídico – admin
13 de dez de 2016 03:59

O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) é a atual arrematante do concurso do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). O processo licitatório ainda não está finalizado, ainda está na fase de análise das informações enviadas pela banca ao pregoeiro.
Enquanto esse resultado não é divulgado, vamos conhecer um pouco mais sobre o IBFC? Que banca é essa?
O IBFC foi idealizado por um grupo de profissionais e executivos com o intuito de praticar a responsabilidade social, desenvolvendo projetos voltados à criança, adolescentes e jovens no segmento da educação, com o apoio de entidades privadas, setor público e ONG's.
Como forma de se capitalizar os recursos necessários para sua atuação e o desenvolvimento dos projetos sociais, o IBFC presta diversos serviços, tais como a realização de processos seletivos, vestibulares e a organização de concursos públicos. Parte do dinheiro arrecadado com os concursos do IBFC é destinado a um projeto social para a formação e capacitação de jovens.
A instituição, que existe há oito anos, vem se destacando no cenário nacional, tendo realizado concursos como o do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, do Tribunal de Justiça do Paraná, Tribunal Regional Eleitoral de Amazonas, Ministério Público de São Paulo, além de diversas prefeituras e governos estaduais. Em Minas Gerais, por exemplo, a organizadora é responsável por cerca de 90% dos concursos do Estado.
A banca realiza provas objetivas de múltiplas escolhas, sendo quatro alternativas com uma resposta correta. O IBFC busca seguir os programas propostos nos editais. As questões costumam ser situacionais, com o objetivo de relacionar a prova ao trabalho que será desenvolvido pelo profissional aprovado. As pegadinhas não são uma constante nas provas da banca.
Possui um perfil mais acadêmico. Por ter que adaptar-se aos pedidos de diversos órgãos e instituições, realizando concursos em diferentes áreas, contratam muitos professores com mestrado e doutorado para elaborar as questões. Isso ocasiona uma rotatividade, por isso a prova não tem um nível de complexidade muito elaborado, abordando muitas questões elementares.
Em disciplinas básicas como Matemática e Português, é muitas vezes comparada ao estilo da organizadora Cesgranrio.

TCE-PE pode realizar concurso em 2017


Blog do Espaço Jurídico – admin
13 de dez de 2016 10:00

O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) deve realizar um concurso público no segundo semestre do ano que vem. A informação é do Sindicato dos Servidores do TCE em Pernambuco (Sindicontas-PE).
Acredita-se que a seleção irá contemplar a área de fiscalização, com cargos de auditores e técnicos (exigência de nível superior) e também cargos na área administrativa.
O número de vagas ainda não foi definido, mas de acordo com o Sindicontas-PE há 81 vagas decorrentes de aposentadorias e falecimentos.

Concurso Soldado PMESP 2017: 3 materiais para turbinar seus estudos!


Concurso Policial – o maior site sobre concursos policiais do Brasil – Danillo Ferreira
12 de dez de 2016 02:38

Concurso Soldado PMESP 2017

Saudações, futuro soldado da Polícia Militar do Estado de São Paulo! Como vão os estudos?

O Concurso Soldado PMESP 2017 está a todo vapor, e o momento é de foco intensivo na preparação para garantir o máximo de diferenciais possíveis em relação à concorrência. Por isso trago hoje três materiais de extrema relevância, que podem lhe ajudar a aprofundar seus estudos.

Antes de pegar os materiais, lembre-se quais são os requisitos do certame, previsto no edital do concurso Soldado PMESP 2017:

  • Ser brasileiro;
  • Ter idade mínima de 17 (dezessete) anos;
  • Ter idade máxima de 30 (trinta) anos;
  • Ter estatura mínima, descalço e descoberto, de: 155 cm (cento e cinquenta e cinco centímetros), se mulher; 160 cm (cento e sessenta centímetros), se homem;
  • Recolher a taxa de inscrição prevista no Edital.
  • O candidato ao ingresso poderá apresentar tatuagem, exceto quando: divulgar símbolo ou inscrição ofendendo valores e deveres éticos inerentes aos integrantes da Polícia Militar; fizer alusão a: ideologia terrorista ou extremista contrária às instituições democráticas ou que pregue a violência ou a criminalidade; discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem; ideia ou ato libidinoso; ideia ou ato ofensivo aos direitos humanos; for visível na hipótese do uso de uniforme que comporte camisa de manga curta e bermuda, correspondente ao uniforme operacional de verão, conforme descrito no Edital.

Você se encaixa em todos esses critérios? Isso é importantíssimo antes mesmo de fazer a prova do concurso.

Materiais de estudo para o Concurso PMESP 2017

A primeira dica que gostaria de lhe dar é garantir o acesso a um material completo, feito com base no edital, ideal para não perder nenhum ponto do conteúdo programático. Pegue agora:

Concurso Soldado PM-SP

Se você quiser complementar seus estudos com outros conteúdos, pegue esta apostila de informática e este material de matemática básica. Veja também esse conteúdo para fechar a prova de Língua Portuguesa.

Lembre-se: temos até o dia 15 de dezembro para fazer a inscrição do Concurso Soldado PMESP 2017. Se você ainda não fez, é hora de garantir sua vaga.

 

 

O post Concurso Soldado PMESP 2017: 3 materiais para turbinar seus estudos! apareceu primeiro em Concurso Policial - o maior site sobre concursos policiais do Brasil.

Concurso PMTO 2017 está chegando!


Concurso Policial – o maior site sobre concursos policiais do Brasil – Danillo Ferreira
28 de dez de 2016 21:01

Concurso PMTO 2017

Um dos concursos mais esperados no circuito de concursos policiais em 2017 é o concurso para a Polícia Militar do Tocantins (PMTO). O Jornal Folha Dirigida, especializado em concursos públicos (além de outras publicações que tratam do tema no Brasil) dão o concurso como certo:

Em breve, o Estado de Tocantins terá um grande concurso público para cargos de ensino médio e superior. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Militar (PM-TO), o edital do processo seletivo está passando por trâmites burocráticos. Por isso, a tendência é que as regras e o cronograma não demorem muito para serem divulgados.

A PM-TO não confirmou data de liberação do edital e de realização das provas. A expectativa é de que sejam ofertadas 1 mil vagas para o Curso de Formação de Praças (soldados) e 40 para o Curso de Formação de Oficiais. Do total de cada cargo, 10% são destinadas para mulheres.

Os que concorrerem às vagas no Curso de Formação de Praças precisarão ter, como escolaridade mínima, o ensino médio completo. O salário inicial, neste caso, é de R$4.056,67. Já no caso das vagas para o Curso de Formação de Oficiais, é preciso ter ensino superior em qualquer área e os vencimentos iniciais são de R$7.631,84.

A carga horária é diferenciada, dependendo da atividade desempenhada pelo profissional. Segundo a assessoria de imprensa da PM-TO, as atribuições dos soldados, em geral, estão ligadas à execução de atividades planejadas pelo comando da corporação. Já os oficiais atuarão em funções de chefia e direção dos diversos órgãos e atividades que compõe a estrutura organizacional da polícia.

Material completo para a PM do Tocantins

Já tem um tempo que estamos esse concurso aqui no Concurso Policial. Lembre-se do que caiu na prova do último concurso:

  • Língua Portuguesa;
  • Raciocínio Lógico;
  • Atualidades e Conhecimentos Regionais;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Penal;
  • Direitos Humanos;
  • Direito Penal Militar;
  • Noções de Informátia;
  • Normas Pertinentes à PM TO;
  • Redação.

Garanta logo acesso a um material completo e não fique pra trás nessa ótima oportunidade!

O post Concurso PMTO 2017 está chegando! apareceu primeiro em Concurso Policial - o maior site sobre concursos policiais do Brasil.

Mesmo com restrições, concursos públicos devem acontecer em 2017


Lia Salgado – Lia Salgado
13 de dez de 2016 18:02

009_lia_salgado_g1_13-12-2016A gente precisa lembrar que a iniciativa privada também não está maravilhosa. Não temos uma grande oferta de empregos. Trabalhar por conta própria é delicado por causa da economia. Parece que 2017 é um ano para quem tem coragem, foco e determinação

Os concursos vão acontecer, isso é fato. O candidato tem que apontar para o concurso com o qual ele tenha mais afinidade. Não há uma área específica, mas ele tem que se preparar. O que se espera para o próximo ano é uma oferta de concursos razoável, mas com um número de vagas menor. A concorrência vai ser um pouco maior, porque a oferta de vagas deve ser menor. Mas o candidato deve se preparar, o mais rapidamente possível.

Então, em 2017 devemos ter um ano que vai exigir determinação especial para vencer, seja na área que for.

Confira a matéria e assista ao vídeo clicando aqui

_

O post Mesmo com restrições, concursos públicos devem acontecer em 2017 apareceu primeiro em Lia Salgado.

Veja como planejar o estudo de concursos para 2017


Lia Salgado – Lia Salgado
3 de jan de 2017 17:11

Olá! Feliz ano novo!

Se você está aqui com a gente, imagino que pretenda estudar e prestar concursos públicos. Nesse caso, vamos começar o ano organizando as coisas, para que a sua dedicação resulte em aprendizado efetivo. Afinal, sacrifício não faz passar em concurso – estudar com qualidade, sim.

Em primeiro lugar, prepare um calendário do mês. O ideal é fazer isso sempre no fim de um mês, para o mês seguinte. Mas, como já estamos em janeiro, vamos fazer do mês em curso.

Observe se há feriados e assinale também, porque isso pode modificar a sua rotina. Lembre-se dos feriados estaduais e municipais também.

Confira a matéria clicando aqui

_

 

O post Veja como planejar o estudo de concursos para 2017 apareceu primeiro em Lia Salgado.

Como escolher o concurso público de acordo com o seu perfil


Lia Salgado – Lia Salgado
10 de jan de 2017 13:20

Ano começando, é momento de organizar a vida para conquistar o que se deseja. Se o seu projeto é ser aprovado num concurso público, o passo número 2 – porque o número 1 é decidir – é escolher uma área com a qual você tenha afinidade, não para estudar, mas para atuar, para ser o seu trabalho de todo dia.

Sim, porque este é um engano comum entre os candidatos: pensam nas matérias em que têm mais facilidade para estudar, mas esquecem que o período de estudo é temporário, ao contrário do trabalho, que poderá ser por toda uma vida.

Confira a matéria e assista ao vídeo clicando aqui

_

O post Como escolher o concurso público de acordo com o seu perfil apareceu primeiro em Lia Salgado.

PEC muda regras para concursos públicos


Concurseiros Ligados no TRT – CLT
10 de jan de 2017 08:27


O número de vagas a serem preenchidas por meio do concurso público pode passar a ser igual ao quantitativo dos respectivos cargos ou empregos públicos vagos no órgão ou entidade. É o que prevê a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 29/2016 (clique aqui), que aguarda votação na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Caso a regra estivesse em vigor, o próximo concurso do Senado Federal, por exemplo, deveria abrir 1008 vagas, total de posições ociosas hoje na Casa, conforme dados do Portal da Transparência.

Apresentado pelo senador Paulo Paim (PT-RS), o texto também assegura a nomeação de todos os aprovados em concursos públicos dentro do número de vagas previsto no edital do certame. Assim, propõe que seja explicitada na Constituição o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), que em 2011 reconheceu direito subjetivo à nomeação aos candidatos aprovados dentro do número de vagas previstas no edital.

A PEC ainda determina que o número de vagas para  formação de cadastro de reserva não pode exceder a 20% dos cargos ou empregos públicos a serem preenchidos por meio do concurso público.

Outra regra trazida pelo texto se refere à abertura do concurso. A PEC veda novo certame enquanto houver candidatos aprovados em seleção anterior. Da mesma forma, veda concurso exclusivo para cadastro de reserva.

"Não raro, há brasileiros que se deslocam de outros estados para prestarem concursos públicos, despendendo recursos com cursos, inscrições, passagens e hospedagens, mas acabam não sendo nomeados no cargo ou emprego público que almejam, ainda que haja cargos não ocupados", justifica Paim.

O relator da PEC na CCJ é o senador Ivo Cassol (PP-RO), que ainda não apresentou seu parecer. 


Fonte: Agência Senado

[Questões] Improbidade administrativa – Atos culposos e dolosos


Mapas e Questões para Concursos – Terezinhanr
14 de dez de 2016 02:06

[CESPE/2016 TCE-PR Analista de Controle] Conforme a legislação e a jurisprudência do STJ, em se tratando de improbidade administrativa,

a) prevalece, no juízo preliminar da ação, o princípio do in dubio pro reu.

b) há litisconsórcio passivo necessário entre o agente público e os terceiros beneficiados com a prática do ato ímprobo.

c) é inadmissível a utilização da prova emprestada colhida em persecução penal.

d) basta a comprovação da culpa para a responsabilização do agente com base na hipótese de enriquecimento ilícito.

e) basta a comprovação da culpa para a responsabilização do agente com base na hipótese de dano ao erário.


Gabarito: E

Mapa mental do ebook Improbidade Administrativa  
Atos Administrativos - Modalidades

Atos Administrativos – Modalidades

 

Related posts:

  1. [Questão] Improbidade Administrativa – Penas
  2. [Questão] Improbidade Administrativa
  3. [Questão] Improbidade Administrativa

Revogação do Prazo para Requerer Registro Após Aprovação no Exame CFC!


Estratégia Concursos – Gabriel Rabelo
15 de dez de 2016 09:42

Olá, pessoal! Tudo bem? Aqui quem fala é Gabriel Rabelo, Auditor Fiscal da Secretaria da Fazenda do Estado do Rio de Janeiro, Professor de Contabilidade e Coordenador do Exame de Suficiência do CFC, aqui no Estratégia Concursos!

Já estão no nosso Grupo de Estudos no Facebook? Não? Diariamente, postamos questões, artigos, dicas, vídeos e muito mais para o Exame de Suficiência  CFC!

GRUPO DE ESTUDOS FACEBOOK – EXAME SUFICIÊNCIA CFC

Pois bem.

Pessoal, foi publicada no Diário Oficial da União, de 14 de dezembro de 2016, a Resolução CFC 1.518/2016.

Sobre o que ela trata?

Referida norma REVOGOU o artigo 12, parágrafo primeiro, da Resolução CFC 1.486/2015, que dispunha:

Art. 12. Ocorrendo a aprovação no Exame de Suficiência, o Conselho Regional de Contabilidade disponibilizará ao candidato a Certidão de Aprovação, para ser apresentada quando da solicitação do registro profissional.

§ 1º Os aprovados na prova terão o prazo de 2 (dois) anos, a contar da data da publicação da relação dos aprovados no Diário Oficial da União, para requererem os registros profissionais em CRC.

Quando vigente este dispositivo, se o candidato fizesse o Exame e lograsse êxito, teria o prazo de dois anos para requerer o registro no Conselho.

Com a revogação, esse prazo deixa de existir, o que significa que uma vez aprovado, sempre aprovado. 

É isso mesmo! Mesmo que você tenha feito o Exame em 2013, 2012, 2015, poderá requerer o registro, uma vez que tenha sido aprovado. Essa foi a informação que obtive por meio de conversa telefônica com o pessoal do CFC hoje cedo.

É isso, galera! Já estão estudando para o próximo Exame?

Aqui no Estratégia, já lançamos cursos específicos para o Exame Suficiência CFC 2017. Você pode conferir aqui:

Cursos Exame CFC 2017 

E temos uma promoção MUITO boa!

Quem se matricular no curso agora, e adquirir o Pacote, vai ganhar um curso de Revisão, com 20 horas em vídeos, específicos para o CFC 2017. As gravações já começaram!

Esse curso, chamado Revisaço, conterá vídeos + PDFs resumidos + Questões comentadas de Contabilidade Geral, Custos, Gerencial, Teoria da Contabilidade e CPCs.

Além disso, vai ganhar uma mentoria gratuita (3 sessões via Skype), com um Plano de Estudos completo para a sua aprovação no CFC.

Abaixo, a análise em vídeo do Edital do Exame CFC 2017.

Forte abraço!

Gabriel Rabelo.

@gabrielrabelo87/@contabilidadefacilitada

 

The post Revogação do Prazo para Requerer Registro Após Aprovação no Exame CFC! appeared first on Estratégia Concursos.

[Questões] Direito Civil – Desconsideração da Pessoa Jurídica


Mapas e Questões para Concursos – Terezinhanr
16 de dez de 2016 01:44

[FGV/2014 SEFAZ- MTP – Auditor Fiscal Tributário da Receita Municipal] A diretoria executiva da empresa TADV encaminha consulta ao setor jurídico sobre a possibilidade de o patrimônio particular dos seus sócios e administradores ser atingido pelos efeitos de certas e determinadas obrigações assumidas pela sociedade.

De acordo com determinação expressa do Código Civil de 2002, sobre a teoria da desconsideração da personalidade jurídica, assinale a afirmativa correta.

a) O patrimônio particular dos sócios e dos administradores da empresa TADV poderá ser atingido caso se configure abuso da personalidade jurídica, caracterizada por desvio de finalidade, inadimplemento obrigacional ou confusão patrimonial.

b) O patrimônio particular dos sócios e dos administradores da TADV poderá ser atingido caso o juiz, de ofício, determine a extensão dos efeitos das relações obrigacionais da sociedade não apenas aos administradores da empresa, mas também aos demais sócios.

c) O patrimônio particular dos sócios da TADV poderá ser atingido em caso de abuso da personalidade, que ocorre quando há desvio de finalidade ou confusão patrimonial, se o juiz decidir pela desconsideração a requerimento da parte ou do Ministério Público.

d) O patrimônio particular dos sócios da TADV só será atingido em virtude de obrigações decorrentes de relações de consumo, ao passo que o patrimônio particular dos administradores da empresa poderá ser atingido em caso de desvio de finalidade ou de confusão patrimonial, por determinação, de ofício, do juiz.

 e) O patrimônio particular dos sócios poderá ser atingido por força da teoria da desconsideração da personalidade jurídica quando houver celebração de negócio jurídico simulado, fraude à execução ou desvio de finalidade. A confusão patrimonial e o inadimplemento obrigacional configuram razão para atingir especificamente o patrimônio pessoal dos administradores.


 

Gabarito: C

A desconsideração da Pessoa Jurídica, que implica no afastamento temporário da personalidade jurídica, alcançando o patrimônio pessoal dos sócios ou administradores, não pode ser decretada de ofício.
Ainda segundo o art. 50 do Código Civil, exige que tenha havido desvio de finalidade ou confusão patrimonial.

Art. 50. Em caso de abuso da personalidade jurídica, caracterizado pelo desvio de finalidade, ou pela confusão patrimonial, pode o juiz decidir, a requerimento da parte, ou do Ministério Público quando lhe couber intervir no processo, que os efeitos de certas e determinadas relações de obrigações sejam estendidos aos bens particulares dos administradores ou sócios da pessoa jurídica.

Mapa mental do ebook Pessoa Jurídica
Desconsideração da Pessoa Jurídica

Desconsideração da Pessoa Jurídica

Related posts:

  1. [Questão] Direito Civil – Pessoa Jurídica
  2. [Atualizações] Pessoa Jurídica – Atos Adminsitrativos
  3. [Atualização] Pessoa Jurídica – Fundações

Estratégia Concursos de TI não para de crescer! Contagem regressiva para 2017 (7)


Estratégia Concursos – Thiago Rodrigues Cavalcanti
28 de dez de 2016 16:26

Você achou que eu tinha esquecido esta contagem regressiva para o próximo ano?! Não esqueci! De forma alguma esqueceria! Eu estava de olho no contador de membros da nossa página no Facebook: atingimos 1000 membros hoje!

Considerando que criamos esse canal de integração no dia 08 de agosto, acho que estamos indo muito bem! Entrando no clima da virada, gostaria de propor um brinde! A todos que fazem parte desta comunidade nosso muito obrigado!

Para você que já faz parte do nosso grupo, gostaríamos de saber o que você tem achado do conteúdo e dos debates. Se você ainda não faz parte, sugiro que participe! Nós, professores de TI do Estratégia Concursos, estamos todos lá. Comentamos questões de provas, avaliamos a possibilidade de recursos e tratamos de novos concursos. Enfim, fazemos de tudo para otimizar a sua preparação.

Achou interessante!? Então não perca mais nenhuma informação sobre os próximos concursos de TI. Você precisa fazer parte do nosso grupo de estudos fechado do Facebook. Clique na figura abaixo e solicite sua participação! Espero você lá!

Forte abraço,

Thiago Cavalcanti

The post Estratégia Concursos de TI não para de crescer! Contagem regressiva para 2017 (7) appeared first on Estratégia Concursos.

Alterações legislativas relevantes de 2016!


Estratégia Concursos – Ricardo Torques
4 de jan de 2017 12:36

Alterações legislativas relevantes de 2016!

 

Olá pessoal, aqui é Ricardo Torques, professor e coordenador do Estratégia OAB e do Estratégia Carreira Jurídica.

Primeiramente gostaria de desejar a vocês um excelente 2017! Que você tenha um ótimo ano de realizações pessoais e profissionais!

Uma das formas de selecionar candidatos e examinandos é priorizar a cobrança de novidades do mundo jurídico. São frequentes questões que exploram leis novas ou alterações legislativas nas principais normas do nosso ordenamento.

Com a finalidade de ajudá-lo a se atualizar e a não perder questões certas no Exame de Ordem e em concursos públicos, listamos, entre as diversas alterações legislativas havidas em 2016, as mais relevantes e que certamente serão cobradas ao longo de 2017.

Destacamos as 17 principais novidades de 2016, a maioria delas foi analisada ou comentada pela equipe de professores do Estratégia OAB. Acesse a "restrospectiva" aqui:

 

RETROSPECTIVA LEGISLATIVA 2016

Por hoje é isso! Que 2017 seja um excelente ano para todos nós!

The post Alterações legislativas relevantes de 2016! appeared first on Estratégia Concursos.

INFORMÁTICA: Uma questão por dia – TJPE – IBFC | Prof. João Antonio (DIA 03)


Se Joga, Galera! – Italo Romano
10 de jan de 2017 10:00

Prof. João Antonio
Informática
Olá, galerinha!

Prontos para a terceira questão do projeto "UMA QUESTÃO POR DIA" com o professor João Antonio?

Se você perdeu as demais questões, não tem problema, CLIQUE AQUI e acompanhe o projeto que está muito bacana.

------------------------------------------------------------------------------

ASSUNTO: WINDOWS

17. (2016) O usuário convive com o Windows XP e quer começar a aprender o Windows 7. Para tanto, como ele tem um disco rígido com bastante espaço, ele quer na hora de iniciar o computador escolher qual sistema operacional irá utilizar. Portanto, no disco rígido deverá ter:

a) duas trilhas.
b) dois cilindros.
c) duas partições.
d) dois setores.

----------------------------------------------------------------------------------------

Em breve, a correção em vídeo aqui no SJG.


Como fui aprovado no ICMS RJ – Minha trajetória


Estratégia Concursos – André Chaves
4 de jan de 2017 10:36

Saudações concurseiros! Meu nome é André Chaves, sou carioca, tenho 35 anos e sou formado em Engenharia de Produção pela UERJ. Atualmente exerço o cargo de Auditor Fiscal do Estado do Rio de Janeiro (ICMS RJ).

Tenho o prazer de escrever este primeiro artigo como coach do Estratégia Concursos contando como foi o meu caminho até a aprovação no último concurso do ICMS RJ.

Fazendo um resumo sobre a conjuntura que me fez optar por estudar, iniciei minha carreira profissional em 2005 como estagiário na inciativa privada. Exerci diversas atividades ao longo de 7 anos e progredi bastante na estrutura da empresa. Logicamente, a reboque de maiores responsabilidades vieram maiores salários, mas também alguns quilos a mais e menos tempo para a família e para cuidar da saúde. O estresse do dia a dia e a rotina de viagens pela empresa me fizeram sentir que estava perdendo qualidade de vida. Sentia que a cada progressão na carreira estaria me afastando ainda mais daquilo que me dá mais prazer: ter tempo para viajar a lazer, curtir meus familiares, meus amigos etc.

– Ah, então esse cara resolveu estudar por não gostar de trabalhar…

Bem, sempre gostei muito da minha profissão. Era e ainda sou apaixonado pela empresa que trabalhei. Fiz diversos amigos que carrego até os dias atuais. Lá conheci e namorei minha esposa. Posso afirmar sem sombra de dúvidas que pedir demissão do trabalho para "só" estudar foi a decisão mais difícil que já tomei na minha vida! E ela se mostrou necessária exatamente porque sempre me dediquei muito ao meu emprego.

– Ok! Então você quer dizer que preciso largar meu emprego para estudar? Sem chances…

Vamos partir do princípio que temos, no mínimo, experiências de vida diferentes. Isso, por si só, já nos torna pessoas com habilidades distintas. No meu caso o foco só passou de fato a ser "estudar para o BNDES" quando eu me coloquei em uma situação de "ou vai ou racha", saindo da minha zona de conforto.

– Ué, peraí… BNDES?

Antes de abordar essa pergunta que provavelmente você deve ter feito, gostaria de reforçar que não acho essencial abandonar seu trabalho para estudar! Mas considero ser primordial estabelecer o estudo para concurso como o principal foco em sua vida. Você vai perceber ao longo de sua preparação e de suas experiências nesse mundo de concurso que, na maioria das vezes, principalmente nos concursos mais difíceis, a disputa será você contra você, tanto pela necessidade de se manter estudando em alto nível pelo máximo de tempo de que dispuser quanto pela gigantesca resiliência necessária para superar suas dúvidas, suas angústias, seus muitos momentos de solidão, enfim… seu controle emocional será muito exigido!

Mas vamos aos fatos! Saí da empresa no final de março de 2012. Tinha interesse pela área fiscal, mas considerava que era "muita areia para o meu caminhão"… Rs. Nunca fui um cara muito estudioso e sempre me garanti naquele estudo rápido de véspera da prova. Sem nenhum tipo de menosprezo, o BNDES me parecia algo mais viável, principalmente pela minha formação e por incentivo de conhecidos que haviam estudado e passado para o banco.

Naquele mês havia um edital da Petrobrás na praça, com provas para início de maio e matérias correlatas ao BNDES, ainda só no boato de edital. Sem nenhum planejamento ou método de estudo, me matriculei em um curso intensivo presencial. Devorei todos os livros que ainda tinha da época de faculdade, fiz "resumos" enormes e resolvi todas as provas anteriores da banca. Para a minha surpresa, fiquei classificado, fora do número de vagas ofertadas, mas próximo delas. E por haver grandes chances de ser chamado de acordo com histórico da empresa de admitir muitos do cadastro de reserva, relaxei e esperei o tempo passar. Cheguei até a ser chamado para palestras na empresa e para realizar exames médicos admissionais… e nada! Primeira "porrada" e primeira lição! Nunca, repito, nunca desvie do seu foco ou abandone os estudos enquanto não for aprovado dentro do número de vagas! Cometi esse erro e perdi um tempo enorme em fóruns e grupos de discussão. Tempo jogado no lixo! E no meu caso, tempo era o bem mais precioso que eu possuía.

Nesses meses "perdidos" tive meu primeiro contato com o artigo do Professor Alexandre Meirelles… aquele que aborda técnicas como marcação de tempo, ciclos de estudos e que todo concurseiro deve conhecer! Naquele período também tive incentivo de dois amigos bem próximos (um já fiscal do ICMS RJ e outro estudando para o concurso do ICMS SP) a mudar de foco e cair dentro da área fiscal. Mas eis que em dezembro de 2012 veio o edital do BNDES com provas para março de 2013. Deixei de lado a dúvida e me dediquei integralmente aos estudos para o banco. Foi meu primeiro natal/réveillon/carnaval não curtido.

Resultado, não fui bem na prova e tive minha segunda grande decepção. E aí vieram os questionamentos… como posso ter estudado tanto e não ter ficado dentro das vagas? Aliás, como não fiquei nem perto das vagas dessa vez? Bateu aquele desespero! Porém, não tinha mais volta! Eu me coloquei naquela situação e agora tinha que dar um jeito de sair dela o mais rápido possível.

Dali em diante passei a ser extremamente pragmático. Deixei a formação de lado e em abril de 2013 decidi entrar de cabeça na área fiscal. Nesse período havia boatos de fiscos municipais, estaduais e Receita Federal. Não tinha dúvidas de que esse era o caminho! Consegui finalmente fazer um planejamento, estabelecendo uma metodologia de estudo baseada em ciclos, criando metas semanais, fazendo exercícios e revisões rápidas para consolidação de toda aquela novidade (contabilidade, auditoria, finanças públicas, economia, direito administrativo, constitucional, tributário, empresarial…).

Rapidamente percebi o quanto me fez falta dedicar um tempo para planejar meus estudos. Até minhas "viagens" a fóruns e grupos se tornaram mais objetivas. Passei a procurar quais eram os melhores professores e os melhores materiais de cada matéria do meu ciclo de estudos com objetivo de melhorar continuamente a qualidade daquilo que estava sendo estudado. Li alguns depoimentos de pessoas que obtiveram sucesso na preparação como forma de me manter motivado e passei a me identificar com algumas delas. Sentia que enfim estava conseguindo estabelecer uma alta produtividade nos estudos. Fiz algumas provas de concursos diversos, mas que continham matérias do meu ciclo. Meu objetivo, além de me testar nessas matérias, era também "treinar local de prova", passar por todo tipo de dificuldade para que, no momento certo, na hora do "vamos ver", nada fosse surpresa para mim. Uma verdadeira tática de guerra!

Estudando de 6 a 8 horas líquidas por dia, chegando a 10/12 horas líquidas naqueles dias mais inspirados, consegui progredir bem nas matérias básicas da área fiscal. E quanto mais avançava, mais me sentia à vontade com aquela rotina, com aquele método. No início procurava alternar entre casa e duas ou três bibliotecas diferentes para ver pessoas fazendo o mesmo que eu e não enlouquecer! Depois passei a maior parte do tempo em casa, pois comecei a me incomodar com a perda de tempo nos deslocamentos. Ah! Um fator que julgo importantíssimo é ter um bom ambiente de estudo em casa! É altamente desejável que sua família esteja apoiando seu projeto e que respeite suas horas de estudo como verdadeiras horas de trabalho.

Em junho de 2013 a Sefaz RJ divulgou o edital para o concurso de Oficial de Fazenda do Estado (atualmente Analista da Fazenda) com provas para agosto. Mesmo com apenas pouco mais de 4 meses de estudo até a prova, era uma excelente oportunidade para testar meus conhecimentos! Era um edital que praticamente não exigia nenhum tipo de adaptação em meu ciclo. Mantive um ritmo forte até a prova, agora ainda mais motivado por um edital publicado. Consegui pela primeira vez ser aprovado dentro do número de vagas! Eram 200 vagas e fiquei classificado em 102º. Não vou negar… sem demérito nenhum, aquele não era o meu objetivo final. Mas confesso que ver pela primeira vez meu nome publicado em um diário oficial é um sentimento que ninguém consegue explicar! E ainda na minha cidade natal, era algo sensacional!!!

Aquilo me motivou a seguir estudando ainda mais! Agora eu tinha o chamado "problema bom" para resolver. Assumo ou não assumo o cargo? Ajudado pelo edital do concurso para Auditor Fiscal do Espírito Santo (publicado em agosto de 2013), resolvi deixar esse "problema" de lado por um tempo e segui em frente com meu projeto! Eram 16 vagas para o ES. E neste caso, analisando o edital, precisei adaptar meu ciclo incluindo algumas matérias importantes de acordo com as regras do concurso. Segui firme até outubro, data das provas (objetiva e discursiva). Fui bem nas provas! Consegui, com 7 meses 100% focado na área fiscal, ficar classificado em 19º lugar no meu primeiro concurso na área que era o meu foco! Mas… lição aprendida! Não estava dentro do número de vagas, logo não podia de jeito nenhum parar de estudar! (Obs.: posteriormente fui convocado para assumir o cargo).

Detalhe: na semana anterior à prova do ES, mais precisamente em 30 de setembro, foi publicado o edital do ICMS RJ. A essa altura, baseado no famoso "gato escaldado tem medo de água fria", já havia decidido assumir o cargo de Oficial de Fazenda (tomei posse no final de outubro de 2013). Sabia que meu tempo disponível para o estudo diminuiria, mas ainda assim consegui me manter motivado e estudando em um bom nível.

Passada a prova do ES… hora de sentar e dedicar um tempo para refazer todo o meu planejamento, decidir quais matérias não iria estudar e quais eu deveria incluir no ciclo, definindo de que forma iria estudá-las (se só por questões ou pela teoria mesmo, se por pdf, vídeo aula ou intensivo presencial). Foi necessário ampliar bastante o leque de matérias, pois vi que no ICMS RJ o buraco seria mais embaixo…

E o edital veio gigante! Provas em janeiro e nada mais nada menos do que 20 matérias com mínimo geral e mínimo por grupo de matérias (9 grupos). Nesse momento tive a real noção de algo que sempre ouvi de um amigo fiscal: "concurseiro bom é o cara que consegue ter um oceano de conhecimento com um palmo de profundidade". Ele dizia que você deve ser generalista em vez de especialista nos assuntos, principalmente nesses concursos que possuem nota mínima por matéria. Precisa aprender a passar e não aprender a matéria. Precisa saber fazer prova e não dar aula sobre o assunto.

Certamente foram os dias mais "ausentes" em toda a minha vida! Não fazia literalmente nada além de estudar! Abandonei atividades físicas e os poucos eventos sociais. Era estudo FULL TIME!!!

Como esperado, a prova veio "o bicho"!!! Juro que pensei: impossível ter passado nessa prova…

Mas… no final o resultado veio! Todo aquele sacrifício foi recompensado! Com pouco mais de 10 meses de estudo com foco na área fiscal, consegui ser aprovado em 18º em um concurso com 50 vagas e que somente 24 conseguiram passar! Uma sensação indescritível!!! Mal conseguia dormir esperando a publicação do resultado definitivo do concurso!

FESTA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Bem pessoal… peço desculpas pelo texto longo. Mas confesso que me empolguei escrevendo esse depoimento, relembrando todos esses momentos! Meu objetivo foi mostrar a vocês que sim, é possível alguém "normal", que se dedique, lograr êxito no estudo para concursos!

Além disso, você deve ter percebido que sublinhei algumas palavras no texto. Entendo que foco, planejamento, método e melhoria contínua são fatores-chave na sua preparação! E é atuando nestes e em outros aspectos que o meu trabalho como coach pode te auxiliar a identificar oportunidades de melhoria no seu estudo e ajudar a encurtar o caminho até o resultado esperado!

Se de alguma forma você se identificou com a minha história, deixe um comentário abaixo! Qualquer dúvida, me mande um e-mail ou me procure através das redes sociais! Conte comigo nesta caminhada!
Um forte abraço!

E-mail: andrechaves@estrategiaconcursos.com.br ou coachandrec@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/coachandrec
Twitter: @coachandrec

The post Como fui aprovado no ICMS RJ – Minha trajetória appeared first on Estratégia Concursos.

Situação dos concursos de TI em janeiro de 2017.


Estratégia Concursos – Thiago Rodrigues Cavalcanti
6 de jan de 2017 19:19

Olá Concurseiros de TI,

2017 já começou recheado de oportunidades! Nossas análises apontam para um ano positivo para o universo dos concursos apesar do cenário político e econômico. É lógico que para obter sucesso nesta caminhada precisamos garimpar as boas oportunidades para forcamos nossos estudos. Então, se liga, que vamos fazer um pequeno resumo daquilo que consideramos as principais opções disponíveis para o mês de janeiro de 2017.

Concursos com inscrições em aberto

Polícia Científica do PR – Com duas vagas para Perito Criminal de Tecnologia da Informação, foi publicado o edital da Polícia Científica do Paraná. A banca será a IBFC, e as provas serão aplicadas no dia 26/03. As inscrições serão realizadas pela Internet, no endereço eletrônico do IBFC entre os dias 17/01/2017 e 23/02/2017, sendo o dia 24/02/2017 o último dia para o pagamento do boleto bancário, observado o horário de Brasília-DF. Estamos planejando um curso específico para esse concurso que deve ser lançado nos próximos dias. Se você tiver interesse neste concurso fique ligado no nosso grupo do facebook.

IF Baiano – O edital nº 69/2016 apresenta 5 vagas para o cargo de Analista de Tecnologia da Informação. As inscrições podem ser realizadas pelo site do ifbaiano a partir do dia 2 de março de 2017 até o dia 2 de abril de 2017 A prova objetiva será realizada no dia 30 de junho de 2017. Estamos estudando o lançamento de um curso específico para este concurso. Se você tem interesse, deixa uma mensagem nos comentários deste artigo.

TERACAP – Concurso aberto, mas as inscrições só poderão ser feitas, exclusivamente via internet, no endereço eletrônico da QUADRIX, entre os dias 13 de janeiro de 2017 e 28 de fevereiro de 2017. A prova será aplicada dia 26/03/2017. A banca não é das mais reconhecidas, mas o salário é bastante atraente: R$ 11.717,56. Temos uma vaga para contratação imediata de TI e 25 vagas para formação de cadastro de reserva! Lançamos ontem um curso específico para este concurso!

ARTESP – Este concurso possui como banca a FCC. A prova será realizada no dia 30 de abril. As inscrições vão de 10 de janeiro de 2017 a 15 de março de 2017, no valor de R$ 75 para os empregos de nível médio e R$ 100 para os de nível superior. O Estratégia Concursos lançou ontem dois cursos, uma para o cargo de técnico ou de agente de fiscalização à regulação de transporte (tecnologia da informação) e outro para o de nível superior ou especialista em regulação de transporte I – tecnologia da informação. Teremos 6 vagas para o cargo de nível superior e o salário de R$ 8.500,00. Uma boa oportunidade de começar 2017 bem focado!

HEMOCENTRO-DF – Para o público de Brasília teremos o concurso do HEMOCENTRO-DF. Serão 2 vagas para nível superior e 4 para técnico. As inscrições podem ser feitas até 6 de fevereiro de 2017. A prova será no dia 05 de março de 2017. A banca escolhida para realização deste concurso é a IADES. O Estratégia Concursos já lançou dois cursos: um para analista de tecnologia da informação e outro para técnico de informática. A remuneração inicial dos cargos são, respectivamente, de R$ 5.820,00 e R$ 3.705,00.

Concurso com as inscrições já fechadas

SEDF – Secretaria de Educação do DF – 13 vagas – Este é outro concurso que consideramos relevante. As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de Analista de Gestão Educacional terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 29 de janeiro de 2017, no turno da manhã. Para se prepara para esse concurso, você também pode contar com a ajuda dos professores de TI do Estratégia. Um curso exclusivo para o cargo, também já está disponível no site. Um ponto importante é que esse concurso será realizado pelo CESPE, responsável por vários outros concursos relevantes no âmbito nacional. Logo, é uma excelente oportunidade para você ir se familiarizando com a banca.

TRE-SP – Analista e técnico – 2 vagas – Neste concurso a pouca quantidade de vagas pode desestimular alguns concurseiros. Contudo, estamos falando do maior estado do país, que geralmente tem uma necessidade maior de contratação de pessoal. As provas serão aplicadas no dia 12/02 pela FCC! Para alavancar sua preparação sugiro que conheça o material preparado pelos professores de TI do Estratégia. Temos cursos para os cargos de analista de sistemasoperação de computadores (técnico) e programação de sistemas (técnico).

ATENÇÃO: Exclusivamente para o concurso do TRE-SP, o Estratégia preparou um curso de discursivas ou estudo de caso. São 5 aulas, em cada uma delas você terá a oportunidade de redigir um texto que será corrigido por um dos nossos especialistas.

TRT-11 – O período para as inscrições no concurso TRT 11 (AM e RR) terminou dia 12 de dezembro. O concurso TRT AM/RR destina-se ao provimento de vagas para os cargos de Técnico e Analista Judiciário do quadro de pessoal do órgão. O certame da 11ª Região será realizado e organizado pela Fundação Carlos Chagas – FCC. A coordenação do Estratégia Concursos preparou um artigo exclusivo com maiores detalhes sobre o concurso. Para os cargos de TI, os cursos já estão atualizados e disponibilizados no site para analista e técnico.

TRF-02 – O edital do concurso Tribunal Regional Federal da 2ª Região (RJ/ES) prevê formação de cadastro de reserva para os cargos de Analista e Técnico Judiciário. Não há nenhuma vaga de lotação imediata. Vale lembrar, contudo, que o edital de 2012 também previa apenas cadastro de reserva e, no final das contas, acabou nomeando mais de 1.000 servidores para os diferentes cargos. As inscrições encerraram no dia 21 de dezembro de 2016. As provas, serão realizadas apenas no mês de março de 2017, nos dias 05 e 12, a depender do cargo. Teremos um cargo de desenvolvimento e um de infraestrutura para o nível superior. Também teremos cadastro de reserva para nível técnico em informática. Lançamos cursos específicos para cada um dos cargos com foco na banca CONSULPLAN.

ATENÇÃO: Exclusivamente para o concurso do TRE-02, o Estratégia preparou um curso de discursivas ou estudo de caso. São 5 aulas, em cada uma delas você terá a oportunidade de redigir um texto que será corrigido por um dos nossos especialistas.

ALERJ – 10 vagas para TI (Informática) – A prova objetiva será realizada no dia 12 de março! Ainda temos um bom tempo para estudar e fazer uma boa prova! Além do mais, a banca do concurso é a FGV, uma instituição séria, que tem melhorado consideravelmente a qualidade das provas de TI. Para ajudar na sua preparação o Estratégia Concursos possui um pacote exclusivo focado na banca FGV e no assunto específico deste concurso. Para quem não viu ainda, a ALERJ lançou um vídeo mostrando o dia-a-dia da área de TI no parlamento.

TRE-PE – Se você se inscreveu neste concurso e ainda não encontrou um material especifico para estudar, sugiro conhecer o curso que lançamos para esse concurso. As provas objetivas e discursivas deste concurso para o cargo de Analista Judiciário terão a duração de 5 horas e serão aplicadas na data provável de 19 de março de 2017, no turno da manhã. O CESPE é o responsável pela elaboração da prova deste concurso.

TRT-24 – O edital TRT 24 (MS) foi publicado em 05/12 pela banca FCC. A prova será aplicada no dia 26/03/2017. As datas para inscrição no concurso aconteceram entre 8 e 26 de dezembro de 2016. Para o cargo de Analista teremos provas discursivas do tipo Estudo de Caso. Serão corrigidos 96 estudos de caso da ampla concorrência e 24 da cota negros. Já os cargos de nível médio teremos apenas provas objetivas. Leia a análise de edital feita pelo professor Ricardo Vale para saber um pouco mais sobre o concurso. Ficou interessado? Quer se preparar para concorrer de fato a uma das vagas? Foram lançados dois cursos específicos para esse concurso, um para o cargo de nível superior outro para nível médio (técnico).

Vejam um resumo das datas das provas e bancas na figura abaixo:

Concursos na iminência de sair

Alguns concursos estão na iminência de sair, nos do Estratégia já nos antecipamos e lançamos e lançamos pacotes baseados nos editais anteriores. Alguns desses possuem cargos para TI. Vejam a lista abaixo:

ALMG – Assembleia Legislativa de Minas Gerais – o último concurso da ALMG venceu em julho de 2016. Estamos esperando um conjunto de três cargos para área de TI. Desta forma, nos antecipamos ao edital para melhorar sua preparação e lançamos cursos para os perfis de desenvolvimento (área I), administração de redes (área II) e suporte técnico (área III).

TJ-PE – Tribunal de Justiça de Pernambuco – No dia 9 de novembro, a banca IBFC – Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação – foi convocada a apresentar documentação. A banca convocada anteriormente, VUNESP, foi desclassificada por manifesto desinteresse ao não apresentar os documentos. O Estratégia Concursos já lançou cursos para o concurso TJPE (Os cursos serão atualizados, gratuitamente, de acordo com a banca escolhida). No escopo de TI temos 3 cursos disponíveis: analista de suporte, analista de sistemas e programador de computador.

2017 Já está pegando fogo!

 Forte abraço,

 Thiago Cavalcanti

The post Situação dos concursos de TI em janeiro de 2017. appeared first on Estratégia Concursos.

[Apresentação] Prof. Leon Sólon – Tecnologia da Informação – TI


Estratégia Concursos – Leon Sólon da Silva
7 de jan de 2017 01:20

Olá, pessoal! Meu nome é Leon, sou Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil e agora integro a excelente equipe de professores de Tecnologia da Informação do Estratégia Concursos. Bem legal fazer parte de um time de 1a como esse.

Vou aproveitar a apresentação para fazer um breve resumo da minha vida de concurseiro. Faço alguns comentários de minhas experiências nos cargos que ocupei e ocupo.

Comecei a estudar para concursos em 2003, quando trabalhava na iniciativa privada e queria mais tranquilidade e estabilidade. À época chegava a ficar meses só com o domingo de folga e chegando em casa tarde da noite.

SERPRO

Como muitos concurseiros de TI, optei por iniciar pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO). O salário não era muito atrativo naquele momento, mas alguns amigos que já trabalhavam lá receberam gratificações logo que entraram. Em 2004 acabei aprovado para analista e tomei posse em junho. Fiquei apenas um mês por motivos financeiros, pois mudaram as regras e as gratificações não eram mais designadas para empregados em início de carreira.

Durante esse pouquíssimo tempo, tive três treinamentos e já estava produzindo (era desenvolvedor Natural/Adabas do SIAFI). Uma boa característica do SERPRO é o investimento na capacitação dos empregados. Hoje o salário está bem mais atrativo, em torno de R$6000,00 o inicial. Os projetos realizados pela empresa são outro atrativo, pois são, em sua maioria, de grande impacto. Uma desvantagem, principalmente para quem não se importa de morar em Brasília, é que existem muitos outros concursos com salários bem maiores e dificuldade bem similar para preparação.

Uma curiosidade interessante: foi a prova de concurso mais difícil que já fiz na vida!! Muita coisa específica de um monte de linguagens de programação, com o CESPE como banca: imaginem :D

MPU

Acabei saindo do SERPRO de volta para a iniciativa privada, mas surgiu logo outro concurso: técnico de informática do MPU. Minha preparação à época é bem caótica, tentanto varrer o edital a todo custo, mas entrando demais nos detalhes. Ainda assim, consegui aprovação para o cargo de técnico. Passar nesse concurso foi muito importante pra mim, pois me deu segurança financeira e tranquilidade para alçar voos mais altos.

Fui lotado na Procuradoria Geral da República e lá tive a melhor experiência profissional no serviço público. Lembro-me muito bem da recepção dos nomeados pelo próprio Procurador-Geral de República à época, Cláudio Lemos Fonteles. A equipe de TI era muito competente, acolhedora e colaborativa. O MPU tem muitas vantagens, comum a outros órgãos do "judiciário": recessos, feriados prolongados, bom ambiente, horário corrido, planos de saúde, assistência médica, etc.

Hoje o salário de analista e técnico estão muito melhores. Recomendo para quem está iniciando nos concursos a tentar o judiciário/mp. Além de não cobrar muita matéria básica (ótimo para quem "não gosta" de Direito), garante uma vida tranquila para os servidores.

Quase no mesmo período do concurso do MPU, surgiu o concurso do STJ. Fiquei fora das vagas e acabei sendo nomeado pelo TST, que aproveitou as vagas de técnico, mas não cheguei a tomar posse. Noutro post posso comentar algo sobre o TST, mas somente porque tenho bons amigos por lá.

RECEITA FEDERAL DO BRASIL

O ano de 2005 foi o que comecei a me dedicar mais a concursos, fazendo bastantes cursos presenciais (ah, se eu tivesse o Estratégia na época! :)), principalmente de matérias de Direito.

Quando estava finalizando meus cursos de constitucional e administrativo soube do edital lançado para a Receita Federal específico para Auditor-Fiscal com ênfase em TI. Quase ao mesmo tempo foram lançados outros dois: Câmara Legislativa do DF e Banco Central.

Minha estratégia foi focalizar no concurso com mais matérias para estudar, pois tanto CLDF quanto Bacen cobravam menos básicas à época (hoje o Bacen parece concurso para astronauta da Nasa :D). Lembro bem do prazo exíguo para planejamento e estudo. O tempo foi bastante curto, cerca de três meses, mas foram muito intensos. No fim, acabei aprovado. Por essas e outras que reafirmo o que disse lá no início: aproveite sua formação de TI para fazer concursos específicos.

Como trabalho desde 2006 lá, vou deixar para outro post minha experiência no órgão.

CÂMARA DOS DEPUTADOS

Mesmo sendo nomeado e aprovado na Receita Federal, minha paixão por concursos me deixou de antena em pé para não perder boas oportunidades. Quando surgiu o concurso da CD em 2007, eu não estava num momento bom na Receita e acabei optando por me preparar. Considero meu planejamento e estudo para esse concurso como o mais acertado, com aproveitamento máximo do pouco tempo que tinha para estudar: detalhes para outro post.

Fui nomeado somente em 2009, pois havia sido aprovado fora das vagas. Para minha surpresa, encontrei uma TI extremamente organizada na Câmara dos Deputados. Muitos dos melhores profissionais que eu conhecia em Brasília estavam por lá. Da mesma forma, as outras áreas administrativas eram (e são!) muito eficientes, como nunca havia experimentado antes no serviço público. Conto sempre para meus alunos e amigos que, no primeiro dia de integração, recebi meu crachá (com RFID e tudo) prontinho para eu trabalhar (beeeem diferente dos outros lugares em que já trabalhei :D).

Muitos me perguntam porque tomei a decisão de acabar voltando para a Receita Federal. Como já era estável, poderia pedir a recondução ao cargo anterior, e assim o fiz. À época, muitos argumentos me levaram a pensar se valeria a pena eu continuar na Câmara e por vários motivos decidi por abandonar aquela casa (sem ordem de importância):

  • Na Receita, a liberdade de atuação do Auditor-Fiscal é muito grande. Mesmo sendo aprovado num concurso "de TI" posso trabalhar na Aduana, Fiscalização, Investigação, Julgamento, etc. Na Câmara isso era muito limitado, havendo até um ato da Mesa Diretora proibindo os analistas de TI de serem lotados fora da informática (isso mudou, pelo que o prof. Victor me contou!);
  • O salário na Câmara era menor que na Receita à época. Algo que mudou bastante de lá pra cá, pois, hoje, está em torno de R$22.000,00 (excelente, não acham??? :));
  • Por motivos pessoais, eu tinha grandes chances de ter de me mudar de Brasília, algo impossível na CD.

Tirando esses argumentos, o pouco que trabalhei na CD me deixou profundamente impressionado, de forma positiva. O Centro de Informática (Cenin) possui uma equipe técnica e gestores excelentes. Se minha transição fosse do Serpro ou do MPU, muito provavelmente teria ficado na Câmara até hoje. Recomendo fortemente que façam o concurso que está para sair em 2017.

Ainda tem alguém aí?

Pessoal, fiz esse post gigante para que conheçam um pouco da minha história e paixão por concursos públicos (de TI). Farei outros comentando questões mais técnicas, tanto de tecnologia, quanto de métodos de estudo. Como adiantei pra vocês, considero minhas aprovações nos concursos da Receita e da Câmara uma prova de que, com planejamento e estratégia, é possível conseguir cargos muito bons sem se matar 6 horas por dia.

Um abraço e até a próxima!!

The post [Apresentação] Prof. Leon Sólon – Tecnologia da Informação – TI appeared first on Estratégia Concursos.